MCDONALD’S INAUGURA UNIDADE NO MINECRAFT E THE SIMS.

IMAGEM-1-MCDONALDS-INAUGURA-UNIDADE-NO-MINECRAFT-E-THE-SIMS

Nesta semana, o McDonald’s estreia versões gameficada do Méqui 1000, na Avenida Paulista, nos jogos Minecraft e The Sims 4. No Minecraft, os jogadores podem acessar um QR Code para fazer um pedido pelo McDelivery. Já no The Sims, o restaurante participará como cenário de websérie Girls in the House, feita a partir do jogo. A ação foi criada com a DPZ&T.

IMAGEM-2-MCDONALDS-INAUGURA-UNIDADE-NO-MINECRAFT-E-THE-SIMS

A loja no Minecraft ficará aberta para o público e, no The Sims, os jogadores terão acesso a objetos de construção do Méqui 1000. A rede de fast-food publicará um tutorial de como acessar os elementos em suas redes sociais.

“Sabemos do potencial que o Méqui tem para participar de conversas relacionadas ao universo geek e a cultura pop, por isso, estamos aproveitando essa plataforma para conversar com um público de grande relevância para nós e ainda garantir muita conveniência com o primeiro restaurante funcional desse universo”, disse João Branco, CMO do McDonald’s Brasil, em comunicado. O McDonald’s já esteve presente nos jogos Pokémon Go e Super Mario.

Para divulgar a ação, os jogadores AuthenticGames e S0ldierBr farão um tour virtual pela loja no Minecraft na sexta-feira, 20, em suas contas no Youtube e Twitch. Já o episódio com a loja do McDonald’s em Girls in the House estreia nesta quarta-feira, 18, às 19h no canal do criador Rao TV, do criador da série Raony Phillips.

Fonte: Meio e Mensagem



Artigos Relacionados

O Brasil fechou sua participação em terceiro lugar, em número de leões, no Cannes Lions 2019

Com 85 leões, o Brasil ficou atrás apenas dos EUA (313) e Reino Unido (90). A França, que sedia o

SALESFORCE COMPRA SLACK POR US$ 27,7 BILHÕES

A Salesforce fechou um acordo para comprar a plataforma de mensagens corporativas Slack por US$ 27,7 bilhões. Esta é a maior aquisição já feita pela empresa, e ocorre em um […]

NUBANK SE POSICIONA APÓS POLÊMICA SOBRE CONTRATAÇÃO DE NEGROS

Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank, usou o LinkedIn para pedir desculpas sobre uma declaração polêmica dada no […]