ABAP AUMENTA NÚMERO DE MULHERES NO CONAR COLEGIADO

Priscilla Menezes, da Artplan, é a primeira negra na história do conselho do Conar (Crédito da imagem: reprodução)

A Associação Brasileira das Agências de Publicidade (Abap) indicou mais sete mulheres como representantes da entidade no conselho de ética do Conselho Nacional de Autorregulamentação (Conar) para o biênio 2020/2022. Agora, sobe para dez a presença de publicitárias sob a indicação da entidade no colegiado. Passam a integrar o conselho Priscilla Menezes (Artplan); Luciana Rodrigues (Grey); Carol Escorel (Talent); Laura Esteves (DPZ&T); Andrea Hirata (Leo Burnett); Priscilla Ceruti (DentsuMB) e Juliana Nascimento (Fbiz).

Adriana Pinheiro Machado (Tom Comunicação), Marlene Bregman (Leo Burnett) e Marcia Esteves (Lew’Lara TBWA) tiveram seus mandatos renovados. Priscilla Menezes também será a primeira mulher negra a participar do Conselho de Ética. ”É necessária e urgente a representatividade, prática e não teórica, em todos os aspectos da publicidade brasileira, começando pelos órgãos mais respeitados do mercado”, afirma a publicitária.

De acordo com Mario D´Andrea, presidente nacional da entidade, a atual composição da Abap, iniciada em maio de 2019, tem promovido iniciativas para incluir mais publicitárias em suas atividades. A liderança da entidade conta com a vice-presidente Maria Laura Nicotero e com as diretoras Marcia Esteves, Miriam Shirley e Iara Silva Diniz. “Elevar a representatividade de publicitárias na diretoria, em comissões da ABAP e em todas as entidades do mercado é dever de todos. Acreditamos que a diversidade não só enriquece o debate da nossa atividade”, ressalta.

Fonte: Meio & Mensagem