SXSW 2021: A DEMOCRACIA VAI SOBREVIVER ÀS FAKES NEWS, MAS GIGANTES DA TECNOLOGIA PRECISAM COLABORAR.

Imagem1-SXSW-2021--A-DEMOCRACIA-VAI-SOBREVIVER-AS-FAKES-NEWS

Em um dos painéis mais interessantes do SXSW 2021, Kevin Roose, colunista de tecnologia do The New York Times, e Věra Jourová, vice-presidente de Valores e Transparência da Comissão Europeia, falaram sobre os ataques à democracia promovidos pela gigantesca onda de desinformação em todo o mundo. Vivemos uma crise de realidade, com fake news e teorias da conspiração ganhando espaço em todos os setores da sociedade, o que tem tornado a manutenção do processo democrático cada vez mais difícil.

Para Jourová, a democracia vai sobreviver a mais essa adversidade, ou não seria uma verdadeira democracia: “Eu acho que numa sociedade democrática não podemos renunciar à verdade”. No entanto, é preciso garantir medidas que ajudem no fortalecimento da democracia perante o cenário atual, especialmente com ações das plataformas de mídia social, que são diretamente responsáveis pelo aumento da disseminação das desinformações.

Neste sentido, Jourová destacou o Plano de Ação para a Democracia na Europa, que inclui uma espécie de código seguido pelas plataformas de mídia social nos países da União Europeia. “Esse é um acordo voluntário entre as big techs. Várias empresas estão inscritas e o compromisso é que elas aumentem a verificação dos fatos para diminuir o impacto das desinformações e fake news”, explica.

O recente caso de Donald Trump, que foi banido de redes sociais como Facebook e Twitter por compartilhar desinformações e incitar discursos de ódio, foi mencionado como um exemplo bem-sucedido de ação a ser tomada pelas plataformas.

Obviamente, governos têm um papel fundamental no processo de desenvolvimento de medidas para frear a disseminação de fake news. Jourová lembra que a criação do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR), em 2018, foi extremamente criticada. Porém, cada vez mais as pessoas entendem a importância leis para proteção de dados dos usuários. “Mark Zuckerberg sentou-se no Congresso e disse ‘Me dê as regras e eu cumprirei’. Então é exatamente isso o que fizemos”, comentou. “Estamos introduzindo novas regras para o mundo digital”.

Fonte: B9



Artigos Relacionados

IMPACTOS DA COVID-19 EM EVENTOS E ENTRETENIMENTO

Osetor de eventos e entretenimento tem sido um dos mais impactados pela Covid-19, afetando direta e indiretamente diversas empresas que compõem a cadeia produtiva deste segmento, dentre elas produtores de evento, empresas de venda de ingressos, artistas, casas de espetáculo, entre outros.
Diante das proibições na realização de eventos impostas pelas autoridades governamentais, as empresas desse setor, […]

DANONE E ONU UNITAR LANÇAM CURSO DE DIETA SAUDÁVEL

No Dia Mundial da Alimentação, celebrado na última sexta-feira, 16 de outubro, a Danone, que tem o compromisso de levar saúde por meio da alimentação ao maior número de […]

UMA BARREIRA A MENOS PARA O 5G: O QUE FALTA PARA A TECNOLOGIA NO BRASIL?

O 5G brasileiro está um passo mais perto de sair do papel. Graças a um decreto publicado no dia 17 de junho, mais uma barreira que gerava preocupações em relação ao leilão das frequências da rede foi derrubada, permitindo o andamento mais tranquilo do processo. […]