MINDSET DA LIDERANÇA ESTRATÉGICA: QUAL SERÁ SEU “NOVO NORMAL”?

MINDSET DA LIDERANÇA ESTRATÉGICA: QUAL SERÁ SEU “NOVO NORMAL”?

O mundo vem, sorrateiramente, sendo impactado por uma crise mundial e de proporções ainda não conhecidas para indivíduos, grupos e organizações. Mas, muito antes desta ameaça, o mindset da liderança estratégica já vinha sofrendo instabilidades e sentindo a sua complexidade e necessidade de transformações. Mercados voláteis, decisões ambíguas, novos modelos de gestão, mudanças no perfil do consumidor, tecnologias. Tudo levando para a necessidade de criação de um “novo normal”.  

Com a ameaça corrente, a atenção volta-se, num primeiro momento, para os modelos mais tradicionais de gestão de crise, com planos e ações emergenciais focados na preservação do caixa e redução de custos. E nesta direção uma série de debates são desenvolvidos sobre o que é mais importante: a economia? Os empregos? Salvar o caixa? A saúde pública? Sim, a gestão imediata da crise tem como premissas garantir a agilidade na tomada de decisões e também evitar paralisias nas operações e no atendimento ao cliente.  

Mas, este período se inter-relaciona com um desafio ainda maior para as mesas de reunião (atualmente chats): como conter a crise preservando toda a cadeia de valor da sua empresa? De que forma preparar a empresa para a retomada e também para reconhecer as oportunidades com os diversos envolvidos? Como desenvolver um mindset da liderança estratégica voltada para o “novo normal”?  

Reafirmando meus escritos na publicação Mindset: Liderança Estratégica, “é preciso cumprir a jornada e retornar com os resultados para que benefícios sejam retribuídos ao mundo.” Esta é a legítima jornada que lideranças regionais e globais estão sendo desafiadas a percorrer. A evolução do mindset se dá na medida em que equipes de liderança exercitam os princípios de tempo para refletir e criar cenários em conjunto: a construção de uma nova visão compartilhada, a comunicação e a influência junto a pessoas e comunidades e a clareza sobre a interdependência existente nas equipes, no modelo de negócio e na relação com seus stakeholders.   

Conselheiros de Administração, CEOs e executivos vinculados à estratégia precisam dedicar-se a capitanear e alinhar seu mindset de liderança  tendo em vista a preparação para a retomada . Nesta direção, os elementos do mindset da liderança estratégica poderão ser impulsionadores para um “novo normal”.  

Arrisco algumas hipóteses, emprestando uma fala do mago Merlin, mentor do rei Arthur, na história mitológica da Távola Redonda: “Como é que eu sabia que você viria? – disse Merlin para Arthur. Bem, as pessoas normais nascem vivendo o tempo de trás para frente, sempre avançando. E tudo no mundo funciona assim: sempre seguindo com o tempo para frente. Isso faz com que a vida seja mais fácil de ser vivida. Mas, desgraçadamente, eu nasci na extremidade errada do tempo, e fui condenado a vivê-lo de frente para trás, rodeado de um monte de gente vivendo de trás para frente”.  

As empresas, e suas lideranças, estão vivendo uma prova de fogo neste cenário de transformações abruptas: suas práticas são sistêmicas? Sua responsabilidade, assumida? Seus resultados, compartilhados? Sua relevância, percebida? Sua marca, admirada? Este é o desafio do mindset da liderança estratégica neste “novo normal” que se aproxima. Sua empresa poderá se fortalecer ou esmorecer. Qual será a sua decisão?  

Por Léia Wessling (capa), psicóloga, consultora organizacional e autora da obra “Mindset – Liderança Estratégica”, publicado em RH para Você



Artigos Relacionados

NIZAN GUANAES ENTRE DAVI E GOLIAS.

Nos últimos dias, Nizan Guanaes tem acordado às 5 horas da manhã para assistir aos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ele diz que sua mulher, Donata Meirelles, tem perguntado com frequência o motivo desse interesse repentino. “Eu respondo para ela que estou olhando a história, o mood dos nossos […]

Prejuízo do comércio com feriados será menor em 2022, diz CNC.

O comércio varejista brasileiro deve ter, em 2022, um menor prejuízo causado por feriados nacionais, analisou pesquisa divulgada hoje (27) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Dos nove feriados nacionais, dois vão cair em domingos: Dia do Trabalhador (1º de maio) e […]

Puc Minas – Lançamento da produtora E-motion e concurso de curtas

Nesta quarta-feira, 3 de abril de 2019, às 15h, no auditório 3 (prédio 43), do Campus Coração Eucarístico (av. Dom José Gaspar,