IPN REVELA QUE CLIENTES CONFIAM NAS EMPRESAS COM PROPÓSITO.

imagem-1-IPN-REVELA-QUE-CLIENTES-CONFIAM-NAS-EMPRESAS-COM-PROPÓSITO

Com o objetivo de dimensionar o valor, o impacto e a percepção do propósito corporativo e seu nível de influência sobre o comportamento das pessoas, seja para consumir, recomendar ou trabalhar numa empresa, a InPress Porter Novelli acaba de lançar o PPI Brasil 2021 (Purpose Premium Index), em parceria com o Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD).

Baseado em metodologia desenvolvida pela Porter Novelli Internacional já aplicada em outros países, e adaptada à cultura brasileira, o estudo avalia também a reputação das maiores corporações que atuam no país e, mais profundamente, a dimensão relacionada ao propósito e seus atributos.

Do total de entrevistados, cerca de 90% confiam mais em uma empresa com propósito, 88% preferem comprar marcas que defendem algo maior do que seus produtos e serviços e 76% dizem perceber quando uma empresa age de forma contrária aos seus valores. Além disso, autenticidade, ética, tratamento aos funcionários e proteção ao meio ambiente são os fatores ligados ao propósito que mais pesam na hora de escolher uma marca.

“Com base nos resultados do PPI, é possível entender o quanto os brasileiros estão atentos e interessados nos atributos e temas relacionados ao propósito e com que intensidade esta dimensão afeta as atitudes dos públicos e a reputação das empresas. O estudo serve de referência sobre a visão e opinião pública a respeito do tema e é um importante insumo para formulação de estratégias de gestão, posicionamento corporativo, marketing e comunicação das empresas que operam no país”, pontua Roberta Machado, CEO da InPress Porter Novelli.

“É fundamental entendermos todos os fatores que constroem a reputação, em diferentes dimensões. Em um momento no qual a política está tão presente nas discussões, torna-se cada vez mais importante para marcas e corporações entender a percepção e a relevância do propósito para o seu público. A pesquisa dá ótimas diretrizes para isso”, completa Max Stabile, diretor executivo do IBPAD.

Foram realizadas duas rodadas da pesquisa, totalizando quase 4 mil entrevistas que revelam que, dos atributos que compõem o propósito, o cuidado com as comunidades e a preocupação com o meio ambiente aparecem como os dois mais importantes na opinião dos entrevistados. Entre as gerações, os Millenials tendem a valorizar mais a defesa de causas e a solidariedade, enquanto a geração X aprecia mais a contribuição social e o cuidado com as comunidades. As pessoas da classe DE e aquelas que possuem ensino fundamental destacam-se por se importarem mais com a solidariedade e a contribuição social.

Fonte: Grandes Nomes da Propaganda.



Artigos Relacionados

GOLD LION DESIGN | O REBRAND DE BURGER KING.

No comecinho deste ano, o Burger King apresentou sua nova identidade visual, assinada pela agência Jones Knowles Ritchie, em um trabalho super refinado, todo apoiado em nostalgia, diversão e simplicidade, cujo impacto foi grandioso: já nos primeiros dias, mais de 1 bilhão de impressões. No […]

AGÊNCIAS BUSCAM MÃO DE OBRA VOLTADA À TECNOLOGIA

Agências de publicidade estão procurando e contratando engenheiros, estatísticos, matemáticos e programadores. Os funcionários ligados à área tecnológica já […]

Conteúdos gratuitos na rede, por Fenapro e Sinapro

Para aprofundar seus conhecimentos em meio à pandemia do novo Coronavírus. AMAZONLivros de graça na versão Kindle. Qualquer pessoa pode baixá-lo para ler no dispositivo que quiser. Livros sobre sociologia, educação, psicologia, política, entre outros temas.HARVARDHarvard Online Learning, oferecendo cerca de 100 cursos online