CONTEÚDOS CONFIÁVEIS ELEVAM EM 10% A INTENÇÃO DE COMPRA.

imagem-1-CONTEUDOS-CONFIAVEIS-ELEVAM-EM-10
Consumidor está mais propenso a comprar produtos inseridos em conteúdos confiáveis e de qualidade (Freepik).

O estudo “A Influência do Contexto”, realizado pelo Twitter e IPG Mediabrands, mostra que conteúdos confiáveis podem gerar um incremente de 10% na intenção de compra, podendo chegar a 12% com base na qualidade do contexto em que o produto está inserido. Já as marcas cujos anúncios aparecem antes de um conteúdo premium – de um veículo conceituado – são percebidas como favoráveis (3%) e interessantes (4%), enquanto os conteúdos verificados são tidos como relevantes (10%), confiáveis (8%) e divertidos (20%). E as melhores produções costumam levar a um aumento de 6% na decisão de compra.

“À medida em que o investimento em anúncios de vídeo continua crescendo, atingindo um custo projetado de R$ 2,61 bilhões no Brasil em 2025, é crucial os profissionais de marketing entenderem como criar conexões mais profundas entre as pessoas e as coisas que elas amam e se preocupam. Esperamos que este estudo revele as áreas de oportunidade e a gama de experiências de anúncios de vídeo que os profissionais de marketing podem explorar para criar estratégias de maior impacto, tendo em vista a forma de impulsionar o desempenho”, comenta Camilla Guimarães, gerente de marketing insights e analytics do Twitter Brasil.

A pesquisa considerou o tipo de conteúdo que aparece ao lado de um anúncio e a experiência de vídeo baseada na forma como o anúncio é consumido. Foram analisados conteúdos premium de publisher de veículo (alta qualidade); conteúdos gerados por usuários (CGU) de criadores estabelecidos e CGU de usuários comuns; além dos ambientes de exposição dos consumidores em diferentes combinações de postagens, in-feed no Twitter, off-feed em um agregador de vídeo e off-feed em sites de veículos.

Os ambientes in-feed e off-feed oferecem diferentes experiências ao consumidor e benefícios de marca. As pessoas se sentem menos forçadas a ver anúncios pré-roll expostos em um feed na comparação com um ambiente off-feed. Os anúncios in-feed podem garantir um impacto 7% maior na positividade da marca em relação a um não-feed (1%), além de causarem uma intenção de compra 9% superior ante 0,2% para não-feed.

“O conteúdo é crucial quando falamos de eficácia da publicidade. É mais provável que os consumidores tenham uma opinião positiva sobre a marca, bem como uma maior intenção de compra se a adjacência do conteúdo estiver correlacionada com o que é importante para eles”, destaca Ezra Geld, CEO da IPG Mediabrands Brasil. Segundo o executivo, a expectativa é aconselhar os profissionais de marketing sobre como melhorar experiências de anúncios em vídeo e aproveitar as oportunidades para impulsionar os conteúdos junto aos consumidores.

Fonte: Propamark



Artigos Relacionados

BURGER KING LANÇA MOVIMENTO #CARNAEMCASA COM SAMBA-ENREDO FEITO JUNTO COM CONSUMIDORES.

2021 já se iniciou diferente e o Burger King sabe disso. Como o ano só começa depois do Carnaval, BK encontrou uma maneira de comemorar a data e tirar um pouquinho do […]

O PÚBLICO MAIS ESQUECIDO POR QUEM INOVA NO BRASIL, O CONSUMIDOR.

Dia desses, ouvindo o Clubhouse, a nova plataforma queridinha da internet, um bate-papo escancarou a dificuldade das startups brasileiras criarem inovação de impacto para melhorar a experiência do consumidor. […]

OS 50 SÃO OS NOVOS 25?

A diversidade tem cada vez mais se tornado um conceito presente na vida de todos. O respeito às pessoas, independentemente de raças, etnias, crenças, orientações sexuais, idades, gêneros, regiões e culturas é fundamental tanto na vida pessoal quanto profissional. Nas empresas, tem […]