UNILEVER E P&G APOSTAM EM CONSUMIDORES MAIS JOVENS.

imagem-1-UNILEVER-E-P&G-APOSTAM-EM-CONSUMIDORES-MAIS-JOVENS

As multinacionais Unilever e P&G estão fazendo uma reviravolta no seu público-alvo, apostando em propagandas em vídeogames e serviços de streaming para captar o público jovem.

À medida que continuam a olhar para seus orçamentos de publicidade digital e tentam atrair compradores mais jovens — que durante a pandemia se reuniram em torno dos consoles de Nintendo Switch e na frente das telas do Netflix — as empresas passaram a se associar a serviços populares como Hulu e HBO Max e jogos como Fortnite e Animal Crossing.

De acordo com o vice-presidente executivo de mídia global da Unilever, Luis Di Como, a companhia está “repensando” como gasta seu orçamento de publicidade à medida que a pandemia prolongada acelerou uma mudança na forma como as pessoas compram e se divertem.

À Reuters, Di Como também afirmou que o marketing digital da Unilever, que fabrica o sorvete Ben & Jerry’s e o sabonete Dove, agora responde por cerca de 45% de seu orçamento total de mídia, contra cerca de 40% antes da pandemia.

A Unilever também está lançando novos produtos para atrair as pessoas que transmitem mais TV e filmes durante os bloqueios. Em uma homenagem ao uso intenso de streaming de entretenimento pelos compradores, por exemplo, a Ben & Jerry’s lançou um sabor de sorvete chamado “Netflix and Chill’d”, uma brincadeira com o popular meme da internet “Netflix and Chill”.

Um representante da P&G, que fabrica o detergente Tide e as lâminas de barbear Gillette, disse que os planos para alcançar as pessoas “onde elas estão, inclusivo em lugares como streaming e jogos” estão evoluindo.  

No final do ano passado, a marca de condimentos Hellmann, da Unilever, fechou uma parceria com o jogo de agricultura da Nintendo “Animal Crossing: New Horizon”, e prometeu fazer doações para para uma instituição de caridade toda vez que um jogador doasse um vegetal virtual para uma instituição de caridade dentro do jogo.

Atualmente, a P&G também tem parceria com a Animal Crossing por meio de sua marca de lâminas femininas Venus. A empresa disse à Reuters que mediu quase 1 bilhão de impressões ao criar mais tipos de pele para personagens do jogo, que representam características como sardas, acne, celulite, cicatrizes de cabelo, estrias e psoríase.

Fonte: Propmark



Artigos Relacionados

REBRANDING DO FACEBOOK NÃO É MOTIVO PARA COMEMORAÇÃO.

O Facebook não será capaz de escapar de suas recentes controvérsias com uma nova identidade corporativa, dizem os líderes da Madison Avenue em resposta a relatos de que o grupo de mídia social está se preparando para anunciar um rebrand em sua cúpula de realidade virtual na próxima semana […]

COMO O COMÉRCIO DEVE REABRIR NO BRASIL, SEGUNDO ENTIDADES VAREJISTAS

Um dos principais debates em meio à pandemia do novo coronavírus se dá acerca da reabertura do comércio. Entre discussões, apenas uma coisa é certa: não há clareza sobre como será a retomada das atividades, muito menos sobre uma data para que as lojas voltem a abrir as portas. Enquanto isso, o Brasil observa outros países que tiveram diminuição na curva de contaminação[…]

47% dos brasileiros preferem gastar com experiências do que em bens materiais, por Valkiria Garré – Kantar

CX é um motor para o crescimento, não apenas uma palavra da moda. No final de 2019, a Kantar apresentou um estudo durante o evento Kantar Talks CX e o publicou em seu site. Ele demonstra que marcas que ofereceram experiência de alta qualidade aos seus clientes cresceram 247% […]