COM CONTROLE DE ENTRADA, MERCADO CENTRAL É REABERTO EM BH

COM CONTROLE DE ENTRADA, MERCADO CENTRAL É REABERTO EM BH

Mercado Central de Belo Horizonte, no Centro da capital, começou a reabrir, nesta segunda-feira, lojas que oferecem serviços não-essenciais. Apenas bares e restaurantes estão fechados

Lojas de alimentos e farmácias já estavam funcionando atualmente. O movimento é fraco nesta manhã, se comparado ao período anterior à pandemia. 

mercado-central-foto-1
Foto divulgação

Aline Santos, de 25 anos, foi até o mercado para comprar temperos e se surpreendeu com as lojas abertas. “Acho que está muito cedo. Acho que deveria manter apenas lojas de alimentos”, disse ela. 

A liberação ocorre com a exigência de controle na entrada de clientes no centro de compras, obrigatoriedade de uso de máscaras protetoras e disponibilização de álcool em gel para empregados e consumidores.

Senhas são distribuídas nas portas para o controle de entrada. O número máximo de clientes simultaneamente dentro do mercado é de 370 pessoas. No entanto, a reportagem registrou uma pequena aglomeração na entrada da portaria da Avenida Amazonas. Apesar da pequena fila, os fregueses do centro de compras não mantiveram a distância necessária de segurança. Nas outras entradas, o movimento era mais tranquilo.

mercado-central-bh-foto-2
Foto divulgação

Apesar do número baixo de clientes, eles não mantiveram distância de segurança na porta do Mercado Central.

Fonte: Estado de Minas

Foto capa: Foto: Alex Araújo/ G1 MG