ANÁLISE DE DADOS: ENTENDA COMO ELA SE APLICA À SUA CARREIRA.

banner-94292-analise-de-dados-e-carreira-por-que-ter-o-dominio-das-ferramentas-780x450

Vivemos um momento único.

Nunca houve um volume de dados tão grande quanto nos últimos 30 anos, a partir da chamada revolução digital. O ex-CEO da Google, Eric Schmidt, disse que “a cada dois dias, geramos um volume de dados equivalente ao que criamos do início da civilização até 2003”.  E, de acordo uma pesquisa do International Data Corporation (IDC), a quantidade de dados produzidos pelos seres humanos dobra a cada dois anos. E com tantos dados disponíveis, o que exatamente pode ser feito com eles?

São inúmeras possibilidades. Mas duas valem ser destacadas: as empresas podem tomar decisões de negócio mais estratégicas e profissionais podem se destacar no mercado de trabalho com a habilidade de analisar dados.


Quão fluente você é em dados? 

É fato que os dados se tornaram um insumo muito valioso para as organizações. E o profissional que souber utilizá-los vai alavancar seu crescimento e definitivamente sair na frente. 

Quer entender como a análise de dados pode ser um ponto de virada na sua carreira, independentemente da sua área de atuação? Então continue com a gente!


O mundo é feito de dados 

As empresas buscam tomar decisões cada vez mais assertivas a partir da análise de dados. Um levantamento de 2014 da SiliconANGLE mostrou que 75% das empresas desperdiçam, em média, 14% de sua receita com dados incorretos – o que comprova a importância de dados adequados para a organização.  

E não são apenas as empresas inovadoras e tecnológicas que são orientadas por dados. Hoje, a análise de dados é fundamental para toda e qualquer organização que queira se manter competitiva no mercado

A chamada empresa data driven é aquela orientada por dados, que são interpretados e se tornam informações centrais para a inteligência do negócio. 

Ao se basear em dados, a empresa consegue ter mais agilidade na interpretação de suas informações integradas e pode identificar seus pontos de melhoria com mais facilidade. Isso implica em melhores resultados e maiores vantagens competitivas.

O volume em dados cresce a cada dia. Mas não basta apenas possuí-los. É preciso estruturar análises e entender como os dados podem orientar projetos e entregas.

O profissional que consegue analisar dados da maneira adequada poderá tomar decisões mais estratégicas e mais assertivas. E é por isso que as organizações estão buscando cada vez mais por esses profissionais. 

Essa realidade é refletida em diversas pesquisas sobre habilidades importantes para quem quer ser um profissional de destaque. De acordo com o Fórum Econômico Mundial, a alfabetização de dados foi considerada a habilidade mais urgente que as empresas vão exigir em 2020. Isso significa que, cada vez mais, as organizações estão entendendo a importância da análise de dados para o negócio e, como consequência, buscam por profissionais que atendam a essa necessidade.

Se você pensa que análise de dados é exclusividade de cientistas como físicos ou matemáticos, ou que um analista de dados está sempre cercado de inúmeros computadores e números, é importante que você comece a desconstruir essa percepção

A verdade é que todas as áreas de uma empresa produzem dados, seja em maior ou menor escala. Por isso, é importante que os profissionais que atuam em cada uma delas tenham a habilidade de analisar os dados e utilizá-los de uma maneira estratégica.  

Separamos alguns exemplos para você conhecer algumas possibilidades para atuar com a análise de dados dentro de uma empresa:


1. Marketing digital 

Entender e acompanhar os dados é fundamental para todas as estratégias de marketing digital e para a atuação do profissional dessa área. Eles ajudam a compreender o comportamento do usuário, qual o perfil de quem está interagindo com a organização e qual é a jornada do consumidor.  

A análise de dados no marketing digital não apenas direciona as ações como também indica os principais pontos de melhoria, seja em campanhas de mídia, nas redes sociais ou ações de marketing de conteúdo. 


2. Vendas

Assim como no marketing, a análise de dados na área de vendas contribui para encontrar lacunas nos processos, conseguir mais detalhes e até mesmo encontrar soluções e respostas para a área. 

A partir da interpretação dos dados, é possível otimizar processos de venda, desenhar previsões de comportamento dos clientes, ter previsibilidade de fluxo financeiro e ainda reduzir os custos desnecessários.  

Além disso, uma análise dessas informações pode contribuir para a maior conversão em vendas. Ao utilizar os dados para entender o perfil dos consumidores ou entender em qual horário está o pico em vendas de um determinado canal, por exemplo, os profissionais de venda podem dar mais atenção a tal informação, aumentando assim sua produtividade e, por consequência, suas taxas de conversão.


3. Negócios

Ao acompanhar os dados do negócio, do primeiro contato do cliente até o pós-venda, o profissional consegue identificar os pontos de melhoria mais facilmente. Além disso, essa visão contribui para a produtividade e eficiência dos processos. 

Para os negócios, a análise de dados tem como o objetivo geral estudar o desempenho em cada uma das etapas e assim conseguir informações relevantes. Com base nesse histórico e o usando como base para projeções, os profissionais da área podem ter insights para o futuro da organização

A análise de dados do negócio contribui para uma gestão mais estratégica e da melhoria constante dos processos, e isso pode refletir diretamente em uma experiência mais positiva para os clientes.


4. Produto

No processo contínuo de melhoria do produto ou serviço, os dados são os principais orientadores. Isso porque eles permitem um olhar mais analítico, mostrando como os clientes estão lidando com o produto ou serviço

Assim, os processos devem ser mensurados a partir da experiência do cliente, que pode ser compreendida a partir de um grande volume de dados. Dessa maneira, eles poderão orientar de forma objetiva os aprimoramentos que podem ser desenvolvidos para o produto ou serviço.


5. Tecnologia

A presença de dados na área de tecnologia é constante, desde os processos de programação até de desenvolvimento de produtos ou serviços. Diversas profissões estão se destacando na área de tecnologia e análise de dados, especialmente aquelas relacionadas a big data, com escopos de ciência e engenharia de dados. 

Entre algumas etapas necessárias para a análise de dados pela tecnologia, estão o armazenamento de informações, limpeza de dados e a implementação de modelos de análise como dashboards para todas as áreas da empresa. 

Os dados são produzidos em um volume muito grande e, cada vez mais, estão se tornando essenciais para a tomada de decisões dentro das organizações. Nos mais diferentes setores de mercado, podemos encontrar as chamadas empresas data-driven, ou seja, aquelas que são orientadas por dados e acabam tomando decisões mais precisas.  

Nessas empresas, é comum encontrar o chamado Business Intelligence, que é a prática de reunir todos os dados da organização com o objetivo de identificar oportunidades e riscos para o negócio. 

Para fazer esse gerenciamento, existem inúmeras ferramentas que podem ser utilizadas que ajudam os profissionais e as empresas na análise de dados. Entre elas, uma das mais conhecidas é o Power BI.


Por onde começar?

A análise de dados não se resume apenas a dashboards ou planilhas. Existem outras aptidões muito importantes para quem deseja fazer análises assertivas e que direcionem a tomada de decisão. 

No TED Talks abaixo, Rebecca Nugent dá algumas dicas sobre as habilidades que podem fazer a diferença na carreira de quem trabalha com dados. Além disso, ela conta a história da ciência de dados  e explica como é parte desse trabalho.


Entre essas aptidões, podemos destacar o trabalho com matemática, aplicada na resolução de problemas, estatísticas e probabilidades; pensamento lógico para análises e o processo de aprendizado; e criatividade e storytelling para apresentação e análises de dados. 

Fonte: Escola Conquer



Artigos Relacionados

SÍNDROME DE BURNOUT: COMO LIDAR COM O MAL DO SÉCULO?

O tempo em que ser considerado workaholic era motivo de orgulho ficou para trás. Nos últimos anos, temos visto cada vez mais gente em busca do tão sonhado equilíbrio entre vida pessoal e profissional. O interesse tem […]

OS 7 “IS” PARA MANIFESTAÇÃO DA CRIATIVIDADE.

A criatividade é a maior ferramenta para superar uma crise, na diferenciação e na geração de valor. Porém, o processo de manifestação criativo não é algo muitas vezes simples, ele demanda repertório e disciplina. É preciso procurar soluções autênticas e que […]

PRÊMIO PROFISSIONAIS DO ANO 2021 – REDE GLOBO. A propaganda mineira segue criativa, forte e finalista!

É com grande prazer, que divulgamos que três agências mineiras foram indicadas ao Prêmio Profissionais do Ano 2021, categoria Leste-Oeste, concorrendo em “filme” e “campanha”! As agências finalistas são: Pop Corn Comunicação, Dezoito Comunicação e Filadélfia Comunicação. Saiba mais […]