Projeto que Regulamenta Profissão de Marketing é Desarquivado

Projeto que Regulamenta Profissão de Marketing é Desarquivado

Desarquivamento do PL 1226/07 foi pedido pelo autor, deputado Felipe Bornier (PSD-RJ), e agora poderá ser finalmente levado à votação no plenário, após passar pela CCJC.

O projeto de lei que regulamenta a profissão de Marketing volta a se discutido na Câmara dos Deputados. A pedido do deputado Felipe Bornier (PSD-RJ), um dos autores da proposição, o PL 1226/2007 foi desarquivado e retoma da fase em que parou. Iniciado em 2007, o projeto já foi apreciado por todas as comissões e já havia recebido parecer favorável do relator da Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania (CCJC), deputado federal Esperidião Amin (PP-SP). Para dar sequência, basta que seja votado na comissão para seguir para a apreciação do plenário UIysses Guimarães.

O projeto que pode mudar a nomenclatura de Marketing para Mercadologia e intitula os profissionais da área como Mercadólogos estava parado desde 2012, quando foi registrada a última movimentação na CCJC. Ele já passou por dois arquivamentos automáticos por conta do fim das legislaturas. A proposta gera discussão no mercado e, entre os destaques, aparece a eliminação de estrangeirismos, comuns na área. O texto prevê ainda reserva de mercado, já que apenas profissionais formados em Mercadologia poderiam atuar no segmento.

Apesar de o projeto em questão ser de 2007, o interesse na regulamentação da profissão completa 10 anos neste ano. Em 2005, a primeira proposta que versava sobre o tema foi de autoria do então deputado federal Eduardo Paes, atual prefeito do Rio de Janeiro. Com a saída dele para assumir o governo municipal carioca, o projeto foi arquivado. Em 2007, o texto foi apresentado pelo então deputado Eduardo Gomes (PSDB-TO). No mesmo ano, proposta semelhante foi apresentada por Bornier e começou a tramitar na Câmara.

Pelo projeto, as atribuições do profissional de marketing são:

  • realizar o planejamento e projeto de sistemas, produtos, ou mensagens publicitárias;
  • desenvolver estratégias de mercado e atuar em programas de fidelização de clientes;
  • desenvolver marcas para empresas, realizando o levantamento de necessidades
  • organizacionais e elaborando projetos de comunicação organizacional;
  • realizar ensaios, pesquisas e experimentações em seu campo de atividade;
  • realizar a coordenação, direção, fiscalização, orientação, consultoria, assessoria e execução de serviços ou assuntos de seu campo profissional;
  • exercer o magistério em disciplinas nas quais esteja devidamente habilitado.

Para acessar o projeto, acesse o link:

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=C81F8F82FC9781B315BEF2261ED19E09.proposicoesWeb2?codteor=465864&filename=PL+1226/2007

Fonte: Mundo Marketing


Artigos Relacionados

APPLE CAR | TUDO O QUE SABEMOS SOBRE O POSSÍVEL CARRO DA APPLE.

A indústria automotiva caminha para a eletrificação e automação completa dos carros e demais veículos. Mesmo que isso leve anos ou décadas, é uma trajetória sem volta e seremos pegos por essas mudanças quer queiramos ou não. E se há tecnologia […]

OS 7 LIVROS QUE TRANSFORMARAM UM ESTAGIÁRIO EM EMPREENDEDOR

Quase sempre que converso com outros empreendedores, em especial aqueles que estão começando, indico alguns livros para leitura. Não sei ao certo quantos seguem os conselhos e correm atrás do […]

Os novos “produtos” da agência e do veículo

Alexis Thuller Pagliarini é superintendente da Fenapro   Nas últimas semanas, temos tido uma verdadeira enxurrada de conteúdo e de