PROJETO MANTO DA MASSA CONCORRE A PRÊMIO DE MARKETING NA AMÉRICA LATINA.

IMAGEM-PROJETO MANTO DA MASSA CONCORRE A PREMIO DE MARKETING NA AMERICA LATINA

Sucesso de vendas entre os torcedores e responsável por impulsionar o programa de sócios do Atlético durante a pandemia da covid-19, o Manto da Massa foi um dos seis projetos escolhidos para concorrer ao Prêmio Samba Digital Latam Awards, concedido pela Samba Digital, uma das maiores agências de marketing esportivo do mundo.

O Manto da Massa concorrerá na categoria “Engajamento” com ações promovidas por América do México, Deportivo Cali (Colômbia), Talleres (Argentina), Athletico Paranaense e NBB – Novo Basquete Brasil.

Dos seis projetos escolhidos, restarão três após votação que irá englobar o comitê de profissionais de marketing de Twitter e Facebook, e jornalistas de Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Peru. Cada votante deverá ranquear três “cases” conforme sua preferência: o melhor ganhará cinco pontos na contagem final; o segundo, três; o terceiro, um ponto. A votação vai até o dia 31 de janeiro de 2021.

Na fase final, a votação é feita por um júri especializado, formado por membros de entidades esportivas como Fifa, The FA (Federação de Futebol da Inglaterra) e Ligue 1 (Liga de futebol da França), além de clubes conhecidos mundialmente, como Liverpool, Tottenham, Everton (Inglaterra), Bayern de Munique, Eintracht Frankfurt (Alemanha), Paris Saint-Germain, Monaco, Lyon (França), Milan, Napoli (Itália) e Orlando Magic, time da NBA (liga de basquete dos Estados Unidos).


Projeto Manto da Massa

De acordo com o Atlético, 1.500 projetos participaram do concurso Manto da Massa e 13 finalistas foram escolhidos. Após 50 mil votos pela internet durante os 11 dias em que a enquete ficou no ar (1º a 11 de junho), o modelo desenvolvido pelo designer atleticano Flávio Markiewicz foi o grande vencedor.

Depois, o clube colocou o uniforme em pré-venda e conseguiu chegar a 100 mil camisas vendidas em apenas uma semana. Segundo o clube, com a ação, o Atlético faturou R$ 22 milhões e bateu recorde continental de vendas.

Além disso, o Galo aumentou consideravelmente o número de sócios durante a pandemia do novo coronavírus, já que, para ter desconto na compra da edição limitada do uniforme, o torcedor precisava aderir ao “Galo na Veia” por pelo menos seis meses.

No entanto, nem tudo saiu bem, já que houve atraso na entrega das camisas nas casas dos torcedores. A previsão inicial era de 75 dias, contando a partir do fim de junho do ano passado, mas houve casos em que atleticanos só receberam o Manto da Massa em dezembro.

No fim de setembro, o Atlético reabriu a venda do Manto da Massa e colocou mais 10 mil camisas à disposição. Todas as unidades se esgotaram em menos de 92 horas. Mas muitos torcedores que compraram nesta segunda remessa ainda não receberam o uniforme.

Fonte: Itatiaia



Artigos Relacionados

HEINEKEN TRAZ OUTDOOR COM EXPERIÊNCIA DE BAR NO RIO

Os motoristas que estiverem próximos à lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, entre os dias 10 e 13 de dezembro, vão ser impactados pelo outdoor bar da Heineken. A experiência, idealizada pela Publicis Brasil e produzida […]

METADE DOS BRASILEIROS PREFERE COMPRAR EM LOJAS ONLINE A FÍSICAS, MOSTRA PESQUISA DE 2021.

Tem gente que adora comprar em lojas online por causa da expectativa da entrega do pacote. Tem também quem não gosta de interagir com os vendedores e prefere fazer as escolhas com calma, podendo navegar pelo e-commerce, comparar preços, pôr no carrinho e pensar mais um pouco. […]

O QUE AS EMPRESAS ESTÃO DISCUTINDO PARA MUDAR NO PÓS-PANDEMIA.

Se engana quem pensa que o mercado está parado. Concordo que muitas pessoas ainda estão em estado de flow, esperando a vacina chegar para valer, mas por outro lado, diversas empresas discutem como a vida voltará […]