O MCDONALD’S ESTARÁ DRASTICAMENTE DIFERENTE QUANDO REABRIR

O MCDONALD’S ESTARÁ DRASTICAMENTE DIFERENTE QUANDO REABRIR

Quando as lanchonetes do McDonald’s reabrirem nos Estados Unidos, os clientes devem esperar adesivos no chão, incentivando o distanciamento social e o fechamento dos totens de autoatendimento. Usando máscaras, os atendentes podem pedir que um cliente se afaste do outro.

A rede já se prepara para reabrir algumas lojas no país, à medida que certos estados flexibilizam suas quarentenas. Para essas unidades, foi recentemente divulgado um manual de instruções detalhado para operadoras da franquia nos Estados Unidos.

O documento de 59 páginas, obtido pela CNN, descreve os requisitos mínimos de higiene e de distanciamento social que cada loja deve atender antes de reabrir. O conteúdo do manual foi relatado pela primeira vez nos Estados Unidos pelo Wall Street Journal. Os franqueados, que operam mais de 90% de todos os McDonald’s do mundo, terão que pagar por seus próprios suprimentos, afirmou o documento.

No manual também está detalhado como manter os restaurantes limpos – e garantir que os clientes percebam esses esforços. O texto explica como manter os clientes a um metro e meio de distância e exige o uso de alguns equipamentos de proteção individual.

Trabalhadores devem limpar e higienizar as mesas após cada uso e os banheiros a cada 30 minutos. O McDonald’s recomenda o uso de uma folha de rastreamento para documentar essas limpezas. 

Já funcionários precisam lavar as mãos a cada hora. Os restaurantes não são obrigados a ligar os quiosques de autoatendimento, mas, se o fizerem, essas telas e teclados deverão ser limpos após cada uso.

O manual de instruções descreve maneiras para os operadores de restaurantes manterem os clientes separados: eles devem fechar algumas mesas e áreas de estar e usar adesivos no piso para marcar “caminhos claramente reconhecíveis” que manterão os clientes a um metro e meio de distância enquanto esperam na fila.

O MCDONALD'S ESTARÁ DRASTICAMENTE DIFERENTE QUANDO REABRIR
Adesivo de distanciamento para lanchonetes do McDonald’s nos Estados Unidos.
Foto: McDonald’s USA

Os adesivos também devem ajudar a manter as pessoas a um metro e meio das mesas. Espaços para que crianças brinquem, que existem em algumas unidades, deverão ficar fechados.

Também é sugerido que Máquinas em que clientes pegam seu “refil” da bebida permaneçam temporariamente desativadas. Essa medida depende tanto da recomendação de um epidemiologista quanto da forma de funcionamento do sistema de “refil”.

“A percepção da marca é outra preocupação”, observa o guia, “e [é necessário observar] o que poderia acontecer nas mentes dos clientes, devido a uma maior percepção de higiene e segurança, visto que outros clientes não tomam precauções”.

No caso do “refil”, em vez de permitir que o próprio cliente encha seu copo, os funcionários devem servir bebidas para os clientes, de preferência usando fontes normalmente designadas para o drive-thru.

A orientação também exige o uso de equipamentos de proteção individual para os funcionários. Os trabalhadores devem usar máscaras ou coberturas em seus rotos, e todos os funcionários que lidam com comida ou serviço devem usar luvas.

Os clientes não são obrigados a usar máscaras, mas esses itens devem estar disponíveis quando solicitados nos municípios em que são obrigatórios. Os painéis de proteção devem ser instalados nas janelas e nos balcões onde os pedidos são feitos.

O manual também fornece aos funcionários orientações sobre como conversar com pessoas que podem estar se perguntando por que o McDonald’s está abrindo suas áreas de refeições.

A orientação também exige o uso de equipamentos de proteção individual para os funcionários.

Os trabalhadores devem usar máscaras ou coberturas, e todos os funcionários que lidam com comida ou serviço devem usar luvas.

Os clientes não são obrigados a usar máscaras, mas as máscaras devem estar disponíveis quando solicitadas nos municípios onde são necessárias coberturas faciais. Os painéis de proteção devem ser instalados nas janelas e nos balcões onde os pedidos são feitos.

O manual também fornece aos funcionários orientações sobre como conversar com pessoas que podem estar se perguntando por que o McDonald’s está abrindo suas áreas de refeições.

Os trabalhadores podem dizer justificativas como: “reabrimos porque estamos todos juntos nisso e nosso time se reuniu para buscar soluções incríveis nos últimos meses”.

Se alguém se recusar à distância social, o funcionário poderá tentar: “peço desculpas por qualquer inconveniente, mas, para ajudar a manter todos em segurança, gostaríamos que todos os nossos clientes mantivessem uma distância segura de 2 metros um do outro e de nossa equipe”.

O McDonald’s recomenda que os funcionários usem um “polegar para cima” para verificar se tudo está bem com os clientes que estão comendo nas mesas.

Uma mulher foi presa na semana passada por suspeita de atirar contra funcionários do McDonald’s que lhe disseram para deixar um restaurante da rede em Oklahoma City, segundo a polícia.

Fonte: CNN


Tags assigned to this article:
cnncuidadomac donaldspós-covidreaberturausa