Please set up your API key!

MUNDO PÓS-COVID: VEJA 5 INOVAÇÕES PARA O ENTRETENIMENTO

MUNDO PÓS-COVID: VEJA 5 INOVAÇÕES PARA O ENTRETENIMENTO

As recomendações de isolamento social impostas pela pandemia da Covid-19 mudaram a forma não apenas de as pessoas trabalharem, mas também, de se divertirem. Com a contraindicação de encontros presenciais e aglomerações, a indústria do entretenimento precisou se reinventar, e algumas das novidades têm potencial para se firmar, mesmo após o fim da pandemia. Veja a seguir cinco inovações no setor promovidas durante a pandemia.

Novo sistema de funcionamento das bibliotecas

No estado americano do Colorado, as bibliotecas desenvolveram novos serviços para se adaptar à Covid-19. Entre os principais, estão entregas e devoluções de livros no modelo drive-thru, quizzes online e programas de acompanhamento por telefone dos frequentadores idosos. Além disso, agora, os livros passam pelo menos 72 horas em “quarentena” depois que são devolvidos: essa foi a forma encontrada pelos responsáveis para garantir a eliminação de qualquer vestígio do coronavírus antes que o exemplar volte a circular. 

Máscaras inteligentes

Uma startup japonesa lançou uma máscara facial inteligente que se conecta a smartphones e permite que os usuários façam chamadas remotamente, sem falar diretamente em seus celulares. 

Batizado de C-Mask, o dispositivo se encaixa em máscaras regulares de tecido. Ele se conecta a um aplicativo via Bluetooth, permitindo a transcrição de fala em mensagens de texto, que são enviadas pelo smartphone do usuário. A máscara também faz traduções do japonês para outros oito outros idiomas e amplifica a voz do usuário, caso ele não possa ser ouvido através da máscara.

Apresentações em Drive-ins

A indústria de eventos foi uma das mais afetadas pela pandemia. A expectativa é que o cenário comece a melhorar apenas no ano que vem, mas ainda assim, com produções menores, já que as recomendações de distanciamento social devem permanecer. 

De acordo com a PwC, antes da pandemia, a música ao vivo deveria gerar cerca de US$ 30 bilhões em receita este ano. Mas, agora, a experiência dos shows deve ser completamente diferente: assim como já está acontecendo com o cinema, as apresentações no modelo drive-in devem conquistar um público cada vez maior.


Publicidade e fotografia à distância

Nos jornais e revistas, já é possível ver ensaios fotográficos feitos à distância, com a ajuda de aplicativos como Zoom e Facetime. Agora, a fabricante de carros tcheca Skoda foi além, e divulgou anúncios totalmente filmados em casa usando carros de brinquedo.

A campanha é uma resposta sem precedentes à crise que atingiu o mercado publicitário com a pandemia: só nos EUA, 36,4 mil empregos do setor foram cortados em abril.


Torcida virtual

Na semana passada, os campeonatos estaduais de futebol foram retomados aqui no Brasil. Os jogos, no entanto, aconteceram com as arquibancadas vazias. Mas isso não significa que os jogadores precisem jogar sem apoio. O aplicativo Remote Cheerer, da Yamaha permite que os fãs usem seus celulares para torcer por seus jogadores favoritos. A fabricante japonesa de motocicletas fez um teste no início de junho no estádio Shizuoka, no Japão, com usuários enviando aplausos e mensagens de apoio aos jogadores. O dispositivo foi vinculado ao sistema de áudio do estádio, permitindo que os atletas ouvissem os incentivos da torcida.

Fonte: publicado em whow.com.br