MODELO HÍBRIDO DE TRABALHO SERÁ O MAIS ADOTADO PELAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE.

IMAGEM-01
59% das agências responderam que irão adotar o modelo híbrido (Reprodução)

Uma pesquisa realizada pelo Sistema Sinapro/Fenapro com 288 agências de 16 estados mais o Distrito Federal apontou que o modelo híbrido de trabalho foi impulsionado durante a pandemia e será o mais adotado entre as agências de publicidade do país em 2022. Cerca de 41% das agências entrevistadas já estão operando assim.

O modelo de trabalho remoto, amplamente adotado pela maioria das agências a partir do início da pandemia, aparece quase empatado com o modelo presencial, ambos com 29%, de acordo com a pesquisa.

Sobre o futuro do modelo de trabalho, 59% das agências responderam que irão adotar o modelo híbrido, enquanto 33% afirmaram que voltaram ao modelo presencial, após o término da pandemia, e 8% permaneceram com o trabalho remoto.

Segundo a pesquisa, 33% das agências que responderam que vão adotar o presencial ou híbrido, disseram que irão voltar ainda neste ano, enquanto 34% pretendem voltar em 2022 e 31% não tem previsão ou não pretendem voltar aos escritórios.

“Muitas agências perceberam que o trabalho híbrido pode ser interessante tanto para os funcionários, que podem aumentar sua qualidade de vida e o rendimento profissional, quanto para as empresas, que cortaram custos relacionados ao trabalho presencial e encontraram uma forma de sobreviver com o trabalho realizado no modelo remoto. Por isso, o modelo híbrido de trabalho veio para ficar”, avaliou Daniel Queiroz, presidente da Fenapro.

IMAGEM02
33% afirmaram que voltaram ao modelo presencial (Divulgação)

Os níveis de adesão ao trabalho híbrido, presencial ou remoto variam de acordo com o Estado. Nas agências do Distrito Federal (DF), Espírito Santo (ES), Rio Grande do Norte (RN), Minas Gerais (MG) e São Paulo (SP), o trabalho remoto ainda deverá se manter no futuro próximo, em percentuais que vão de 6%, caso do Espírito Santo, até 13%, nas agências de São Paulo, enquanto em estados como Paraná (PR), Rio de Janeiro (RJ) e Santa Catarina (SC), a tendência é que o trabalho remoto não seja mais adotado pelas agências, mas sim o trabalho híbrido.

Por outro lado, foi observado que Paraná (PR) e em Santa Catarina (SC), o trabalho presencial foi maioria mesmo durante o período de pandemia, em índices de 35% e 58%, respectivamente, e deve permanecer assim. 

Confira abaixo o resultado da pesquisa nacional e de cada estado:

Resultado Nacional (Geral) – 288 agências

Amazonas (AM) – 01 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Trabalho Remoto – 100%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Modelo Híbrido – 100%

Bahia (BA) – 56 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 29%

Remoto – 25%

Presencial – 46%

*Bahia não respondeu sobre futuro do modelo adotado

Ceará (CE) – 04 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 25%

Presencial – 75%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 59%

Presencial – 33%

Remoto – 8%

Distrito Federal (DF) – 11 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 55%

Remoto – 36%

Presencial – 9%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 64%

Presencial – 27%

Remoto – 9%


Espírito Santo (ES) – 16 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 50%

Remoto – 25%

Presencial – 25%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 68%

Presencial – 25%

Remoto – 6%

Goiás (GO) – 12 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 84%

Remoto – 8%

Presencial – 8%


Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 75%

Presencial – 17%

Remoto – 8%

Maranhão (MA) – 05 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 66%

Presencial – 33%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 100%

Minas Gerais (MG) – 42 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 48%

Remoto – 33%

Presencial – 19%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 71%

Presencial – 22%

Remoto – 7%


Mato Grosso (MT) – 05 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Presencial – 100%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Presencial – 100%

Pará (PA) – 04 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 50%

Remoto – 25%

Presencial – 25%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 75%

Presencial – 25%

Paraíba (PB) – 04 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 50%

Remoto – 50%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 50%

Remoto – 50%

Pernambuco (PE) – 26 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 46%

Remoto – 27%

Presencial – 27%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 58%

Presencial – 34%

Remoto – 8%

Paraná (PR) – 16 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 50%

Remoto – 19%

Presencial – 31%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 56%

Presencial – 44%

Remoto – 0%

Rio de Janeiro (RJ) – 11 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Remoto – 72%

Presencial – 27%

Híbrido – 0%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 64%

Presencial – 27%

Remoto – 9%

Rio Grande do Norte (RN) – 11 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 64%

Remoto – 18%

Presencial – 18%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 64%

Presencial – 27%

Remoto – 9%

Santa Catarina (SC) – 17 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 29%

Remoto – 12%

Presencial – 59%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 51%

Presencial – 49%

Remoto – 0%

São Paulo (SP) – 47 agências

Em qual modelo as agências estão operando atualmente:

Híbrido – 34%

Remoto – 45%

Presencial – 21%

Qual modelo será adotado em definitivo por sua agência?

Híbrido – 50%

Presencial – 36%

Remoto – 14%


Fonte: Propmark



Artigos Relacionados

O CONSUMIDOR DC (DEPOIS DO CORONAVÍRUS): 7 PONTOS PARA REFLEXÃO

A hiperconveniência, num primeiro momento coisa de cidade grande, espalhou-se por cidades de menor porte e, sem dúvida, se incorporará de forma marcante, alterando estruturalmente hábitos e preferências e criando uma nova realidade com suas inúmeras vantagens e eventuais desvantagens, dentre elas o menor acesso aos pontos de vendas tradicionais […]

Concurso FenapróUniversitário 2020 anuncia os estudantes que realizaram a melhor campanha sobre o futuro do mercado de trabalho na publicidade

Realizado pela FENAPRO e pelos Sinapros, o concurso elegeu o melhor trabalho inscrito por estudantes de diversos estados […]

UMBRO LANÇA CAMISAS DOS SETE CLUBES PATROCINADOS EM ALUSÃO AO OUTUBRO ROSA.

A Umbro lançou, na última sexta-feira (1º), camisas dos sete clubes patrocinados pela marca no Brasil em alusão ao Outubro Rosa. Este é o segundo ano consecutivo que a fabricante inglesa se une à Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) para […]