INSTAGRAM VOLTA COM CURTIDAS COMO OPCIONAL.

imagem-1-INSTAGRAM-VOLTA-COM-CURTIDAS-COMO-OPCIONAL

Depois de dois anos em que comunicou a restrição de acesso ao número de curtidas, o Instagram anuncia a volta do recurso, mas desta vez como uma opção. Os usuários podem optar por ver ou não curtidas em suas próprias publicações no Instagram e Facebook, nas publicações de outras pessoas ou ambos.

De acordo com a plataforma, o feedback dos usuários desde a restrição em julho de 2019 foi divido: alguns acharam positivo e outros preferiam ver os números para identificar tendências de conteúdos populares.

Dessa forma, a solução da empresa foi oferecer mais controle aos usuários, assim como tem feito com a possibilidade de restringir comentários, filtrar mensagens abusivas recebidas no recurso de mensagens diretas, silenciar usuários e outros. O Instagram ainda lançou o movimento #DigitalSemPressão, com a SaferNet e a Jed Foundation, com orientações para gerenciar pressão online e o uso de redes sociais por adolescentes.

Esta semana, o Instagram também anunciou novidades nas métricas. A plataforma passará a prover acesso a números de reproduções, contas alcançadas, curtidas, comentários, compartilhamentos e conteúdos salvos no formato Reels e contas alcançadas, pico de visualizações simultâneas, comentários e compartilhamentos de transmissões ao vivo.

A empresa ainda ampliará o período de coleta de dados nos perfis (que atualmente abrange a última semana e mês), para incluir últimas duas semanas, mês anterior e últimos 90 dias.

**Crédito da imagem no topo: Reprodução/Pexels

Fonte: Meio e Mensagem



Artigos Relacionados

AS 10 PROFISSÕES QUE DEVEM ESTAR EM ALTA PÓS-PANDEMIA (E AS HABILIDADES PARA CONSEGUI-LAS)

A pandemia teve um impacto significativo sobre as empresas, que diante de quedas bruscas nas vendas e receitas tiveram que […]

BUSCAS POR “EXCLUIR FACEBOOK” CRESCEM 250% APÓS FILME “O DILEMA DAS REDES”

Se você ainda não assistiu, muito provavelmente pelo menos já ouviu falar do documentário The Social Dilemma 2020 […]

EMPRESAS DE EVENTOS PRECISAM SE REINVENTAR

Não é novidade o impacto da Covid-19 em diversos setores da economia mundial. No Brasil, a área de eventos é uma das mais atingidas pelo isolamento social. […]