Please set up your API key!

EBAY COMPLETOU 25 ANOS COM POUCOS MOTIVOS PARA COMEMORAR

ebay-25-anos
eBay: site de compras online perdeu a vice-liderança das vendas em maio pela primeira vez em sua história (Andrew Harrer/Bloomberg).

O dia 3 de setembro de 2020 marcou o aniversário de 25 anos do eBay. Fundada em 1995, a companhia chegou a liderar e-commerce americano no começo dos anos 2000. A popularização do varejo digital, porém, trouxe novos competidores à disputa e, mesmo com número saudáveis, a batalha contra gigantes como Amazon Walmart parece estar cada vez mais complicada.

A companhia foi fundada por Pierre Omidyar e estruturada na região de San Jose, na Califórnia. A ideia era de que a plataforma, então chamada de Auction Web, pudesse ajudar o empreender a vender itens próprios na internet, como um apontador quebrado por 14,83 dólares. Rapidamente e com a popularização da internet nos EUA, o site tornou-se a principal plataforma comércio eletrônico de produtos usados, seja por venda direta ou por leilão.

A companhia empolgou o mercado. Quando realizou seu IPO, em 1998, as ações anunciadas por 18 dólares subiram para 53 dólares, tornando Omidyar bilionário. A companhia atingiu valor de mercado de quase 1,9 bilhão de dólares em seu pregão inicial. O valor era bem acima das previsões de analistas financeiros que estivam que a companhia atingiria uma avaliação próxima de 1 bilhão de dólares.

Mais de duas décadas se passaram desde então e não muito o que se comemorado no dia de hoje. Em junho deste ano, o eBay perdeu a vice-liderança do e-commerce americano para o Walmart. De acordo com a consultoria eMarketer, o eBay deteve 4,5% das vendas online do mês de maio contra m percentual de 5,8% da rival. A Amazon lidera com uma folgada fatia de 38%. Apple (3,5%) e Home Depot (1,9%) seguem na sequência.

No mercado a situação segue estável. Ou melhor, bem saudável. Desde o começo do ano, os papéis do eBay já subiram 50% e o valor de mercado já é superior a 37,8 bilhões de dólares. Para efeito de comparação, as ações do Walmart subiram “apenas” 23% no mesmo período. A varejista, porém, está avaliada em mais de 408 bilhões de dólares.

O fato de o eBay valer menos de um décimo do Walmart e ter valor de mercado pelo menos 40 vezes menor do que a Amazon mostra mais do que apenas um futuro cada vez mais monopolizado pelas gigantes da tecnologia. É uma lembrança de que a internet mudou e quem não se adaptou a nova forma de fazer negócios vai ficar cada vez mais preso ao passado.

Quando adquiriu o PayPal, de Elon Musk, em 2002 por apenas 1,5 milhão de dólares, o eBay dava um passo importante para facilitar as transações financeiras. Mas não foi o suficiente para combater o crescimento da Amazon no mesmo período. Curiosamente, hoje o PayPal, que não pertence mais ao eBay, é cinco vezes maior do que seu antigo dono, valendo 228 bilhões de dólares.

A separação, feita em 2015, inclusive, foi um golpe duro nas receitas do eBay. Mesmo que venha se recuperando lentamente ao longo dos últimos anos, o faturamento da empresa ainda está distante de seus dias de glória, em 2014. Mesmo com alta de 18,2% no faturamento trimestral de 2020 ante o período de 2019, o valor de 2,8 bilhões de dólares ainda é mais de 30% menor do que os 4,1 bilhões de dólares obtidos no mesmo trimestre de 2014.

Mas é preciso destacar um ponto positivo: se não está mais em sua melhor forma, o eBay segue sendo uma empresa saudável. No segundo trimestre deste ano, a companhia teve lucro líquido de 746 milhões de dólares – 85% a mais do que no mesmo trimestre de 2019. No semestre, o lucro líquido já é de 4,1 bilhões de dólares, quatro vezes maior do que no ano passado. Os números podem não ser os mais altos da indústria, mas pelo menos não são pintados de vermelho.

Fonte: Exame



Artigos Relacionados

PESQUISA COLOCA MAGAZINE LUIZA, NETFLIX E IFOOD COMO MARCAS TRANSFORMADORAS DURANTE A PANDEMIA

A HSR Specialist Researchers, maior empresa independente de pesquisas de mercado do Brasil, realizou um estudo desde o dia 24 de março a fim de listar um ranking de “Marcas Transformadoras”, com o objetivo de identificar as empresas que têm sido mais capazes de construir relevância para o consumidor durante a pandemia de Covid-19. Dez empresas […]

COM CONTROLE DE ENTRADA, MERCADO CENTRAL É REABERTO EM BH

O Mercado Central de Belo Horizonte, no Centro da capital, começou a reabrir, nesta segunda-feira, lojas que oferecem serviços não-essenciais. Apenas bares e restaurantes estão fechados.
Lojas de alimentos e farmácias já estavam funcionando atualmente. O movimento é fraco nesta manhã, se comparado ao período anterior à pandemia. […]

Campanha da ABAP e FENAPRO estimula a retomada da normalidade econômica

Com três anúncios, que serão veiculados por jornais e revistas de forma colaborativa, e ações digitais, a ABAP e a