Como os anunciantes podem se preparar na transição para a TV 3.0?

Além de qualidade de imagem e som, tecnologia vai propor o investimento na segmentação de público e cultura de dados, entre outros

O Dia Nacional da TV é celebrado no dia 18 de setembro e o veículo que já passou por uma série de mudanças está se preparando para uma nova era: a TV 3.0.

O novo padrão deve ser definido até o fim de 2024 e promete oferecer melhor qualidade de imagem e de som para os telespectadores, entregando resolução 4K/8K, HDR, áudio 3D e suporte para transmissões via streaming.

Segundo os dados apresentados pela Curious e da Labelium, as alterações têm a capacidade de alcançar os usuários em proporção nacional, de forma gradual, visto que a TV aberta alcança 50% da população diariamente com média de tempo que ultrapassa 5 horas, de acordo com o Kantar Ibope Media.

“Hoje, o poder de escolha está nas mãos das pessoas. Essa transição representa um avanço na transmissão de informações através da TV pois, além de permitir que o público consuma conteúdo de uma forma semelhante ao streaming, mostra que as marcas devem fazer um novo movimento para promover uma publicidade mais personalizada e menos interruptiva, que conversa diretamente com as necessidades das pessoas, no ambiente”, afirmou Caio Machado, diretor-executivo da Curious.

Para celebrar a data, os executivos das empresas reuniram cinco dicas voltadas aos anunciantes, para garantir a efetividade das campanhas digitais na TV 3.0, elencando os fatores que devem ser considerados para que o mercado se prepare para o momento de transição.  

Investimento na segmentação de públicos
Com a chegada da TV 3.0 no Brasil, um novo desafio se impõe, visto que a tendência da tecnologia é gerar uma audiência cada vez mais pulverizada. Dessa forma, uma publicidade direcionada e segmentada será premissa.

Foco em regionalização
Isso é algo que já existe na TV tradicional, mas que vai ganhar escala com a transição. Se apropriar de temas levando em consideração a presença regional de cada público é uma premissa para marcas que desejam se conectar com os consumidores e sair na frente da concorrência.

Fortalecimento da cultura de dados
A tecnologia vai demandar uma nova relação dos anunciantes com os dados, pois há novas possibilidades de metrificação na TV 3.0. É importante que as marcas estejam alinhadas com a agência parceira para entender os planos de medir os impactos da publicidade no ambiente.

Entendimento da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)
Com maior poder de decisão e acesso à publicidade segmentada, os usuários têm total liberdade para compartilhar ou não os seus dados. É uma oportunidade de gerar confiança a partir do aprofundamento na Lei Geral de Proteção de Dados para garantir a transparência sobre como os dados dos telespectadores estão sendo utilizados.

Integração com tecnologias emergentes
Para criar campanhas de impacto e aumentar o potencial de engajamento, o aprofundamento em tecnologias emergentes, como a inteligência artificial, se mostra um ponto importante para construir projetos relevantes e diversificar os formatos da publicidade na TV 3.0.

“A TV 3.0 vai trazer não somente benefícios para os consumidores, que terão a sua disponibilidade uma qualidade muito superior de som e imagem, mas também para os anunciantes, que poderão segmentar ainda mais suas estratégias por meio dos dados disponíveis e coletados de navegação das programações. Isso implicará para a indústria de mídia um novo momento de integração entre táticas de mídia”, completou Gustavo Franco, country manager da Labelium.

Fonte: PropMark



Artigos Relacionados

Em quais canais as pessoas preferem ver publicidade?

Em quais canais as pessoas preferem ver publicidade? Pesquisa Media Reactions, da Kantar, destaca as preferências[…]

Presidente do Sinapro – MG Participa da Entrega do Prêmio Octo

Foi realizado no dia 20 de janeiro a cerimônia de entrega dos troféus da segunda edição do Prêmio Octo – o

CAMPANHA “WHOPPER MOFADO” CHEGA AO BRASIL PROMETENDO TRANSFORMAÇÃO NO MERCADO DE FAST FOOD.

No começo do ano, o Burger King lançou nos Estados Unidos a campanha “Moldy […]