BURGER KING APRESENTA PROJETO GLOBAL DE REBRANDING

imagem-1-burguer-king-rebranding

Após um período de pouco mais de 20 anos sem modificar a marca, o Burger King apresentou seu projeto de rebranding na última quinta-feira (7/1). O trabalho de criação da nova identidade visual consumiu dois anos entre pesquisas e execuções e foi desenvolvido em parceria com a consultoria americana, especializada em branding, Jones Knowles Ritchie (JKR).

A reformulação estética envolve logo, fontes, toda a comunicação dos restaurantes e até mesmo o uniforme dos colaboradores. De acordo com o Burger King, o rebranding é essencial para que a marca acompanhe a evolução da empresa e do próprio mercado nos últimos anos, sobretudo em aspectos como melhorias nos padrões de sabor e qualidade dos alimentos, além da remoção de ingredientes de origem artificial.

A renovação global também foi colocada em prática para que a marca trafegue com maior fluidez e assertividade no ambiente digital, como explica o brasileiro Rapha Abreu, VP, global head of design de Burger King, Popeyes e Tim Hortons. Nessa linha, a rede buscou conceitos mais minimalistas, versáteis e modernos ao mesmo tempo. “As marcas precisam funcionar nos meios digitais, algo que não era demandado em 1999, quando aconteceu a última mudança de identidade visual. Naquele tempo, os celulares tinham no máximo mensagens de texto”, afirma.

Os princípios da nova configuração, argumenta Rapha, captam as características que a marca busca em sua forma de atuar: randiosidade e ousadia, ingredientes de verdade que dão água na boca e autenticidade.  Do ponto de vista prática, o logo continua com duas fatias de pão envolvendo a grafia “Burger King”, mas apresenta um desenho mais simplista e menos artificial na comparação com a marca atual, nas palavras do próprio head global.

As cores primarias da comunicação visual reforçam o conceito trabalhado pela marca: o seu processo de grelhar os hambúrgueres no fogo, como churrasco. Nessa mesma toada, a nova fonte proprietária foi intitulada de “chama”, e inspirada nas formas dos lanches “arredondadas e descontraídas”. “O design é uma das ferramentas mais essenciais que temos para comunicar quem somos e o que valorizamos, ele desempenha um papel vital em criar o desejo pela nossa comida”, finaliza Fernando Machado, CMO global do Burger King.

imagem-2-BURGER KING APRESENTA PROJETO GLOBAL DE REBRANDING

Crédito da imagem de topo: Irina Devaeva/iStock

Fonte: Meio e Mensagem



Artigos Relacionados

WIKIPEDIA PASSA POR PRIMEIRO REDESIGN EM 10 ANOS

A Wikipedia está fazendo sua maior mudança visual em 10 anos, já que é a primeira vez que a plataforma passa por um redesign. De acordo com a Wikimedia Foundation […]

Parceria Inédita

O mercado publicitário mineiro vive, neste momento,importante movimentação no contexto acadêmico e profissional. Uma parceria, que certamente renderá muitos frutos,

BADEN BADEN CRIA DEGUSTAÇÃO GUIADA DE CERVEJA EM REALIDADE VIRTUAL

Baden Baden criou uma experiência de degustação guiada por meio da tecnologia realidade virtual. A novidade irá mexer […]