TECNOLOGIA ENCONTRA PÚBLICO POR INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL CONTEXTUAL.

imagem-1-TECNOLOGIA-ENCONTRA-PÚBLICO-POR-INTELIGÊNCIA-ARTIFICIAL-CONTEXTUAL

O programa Seedtag LAB, desenvolvido pela adtech, foi anunciado ao mercado na última quinta-feira (30/9). A tecnologia é capaz de ajudar as marcas a encontrarem o público-alvo mais estratégico em campanhas. Com base na tecnologia de I.A Contextual proprietária da Seedtag, batizada de LIZ, a tecnologia atua com um processo de conteúdo baseado em dados, projetado sob medida para entender o interesse do consumidor e direcioná-lo sem o uso de cookies, isto é, respeitando a privacidade do usuário. 

Com o Seedtag LAB, a adtech diz colocar os dados a serviço das marcas para que elas sejam capazes de entender o consumo de conteúdo, as preferências e o comportamento do consumidor, enquanto também observa os territórios dos concorrentes. O projeto utiliza esses dados para criar segmentos contextuais exclusivos, direcionar os anúncios e torná-los relevantes para os clientes, ao refletirem seus interesses em tempo real. 

O Seedtag LAB está dividido em três fases. Na pré-campanha, foi criado o universo contextual para identificar tendências, traçar a estratégia de conteúdo e contextualizar os criativos. Assim que a campanha começa, explica Daniel Freixo, o programa exibe anúncios nos posicionamentos mais relevantes em toda a rede Seedtag, em um universo de segmentação exclusivo.


Publicidade

“Nessa segunda fase, também incluímos a produção de um learning session, onde são apresentados insights práticos para otimizar a campanha do cliente. Para finalizar, entregamos um estudo de brand lift completo, com análise das principais métricas de marcas, insights contextuais baseados nos dados coletados ao longo da campanha, além de uma análise de competidores”, conta o vice-presidente para a América Latina da Seedtag. 

No Brasil, a primeira empresa a contar com a solução foi a Mitsubishi, que utilizou p programa para comunicar o relançamento da Mitsubishi Pajero Sport. O desafio da companhia era reforçar a percepção dos valores de aventura, luxo e inovação, e posicionar a marca no top of mind do seu público-alvo: consumidores acima dos 40 anos com alto poder aquisitivo. A campanha foi veiculada entre os meses de novembro de 2020 e fevereiro deste ano. 

O relatório pós-campanha aponta que a estratégia de conteúdo desenvolvida exclusivamente para o relançamento da Pajero Sport foi capaz de fortalecer em 27% o awareness de marca da Mitsubishi. O veículo também apresentou o maior nível de intenção de compra entre seus principais concorrentes: um aumento de 5% em comparação com os níveis de intenção de compra antes da exposição da campanha. 

Por meio da otimização de criativos dinâmicos projetados para cada território e valor de marca específicos, a campanha também obteve uma melhoria nas interações dos usuários com os blocos de anúncios da Mitsubishi, gerando um aumento de 32% no engajamento (CTR e interações). 

Fonte: Propmark



Artigos Relacionados

FENAPRO E ESTADÃO INICIAM ‘ROAD SHOW CANNES LIONS 2016’

As apresentações serão conduzidas por Alexis Pagliarini, superintendente da Fenapro. Belo Horizonte será a primeira cidade a receber o evento,

Live do Tempo começa nesta segunda com tudo o que interessa ao mineiro

Ela acontecerá durante toda a semana, sempre às 14h, e trará temas como economia, saúde, cultura e tudo aquilo que interesse ao mineiro que gosta de informação.
Segunda, 27/4, presidente da CDL, Marcelo de Souza e Silva; Terça, 28/4, presidente da Amis, Alexandre Poni; Quarta, 29/4, presidente do Sinapro, André Lacerda; Quinta, 30/4, Presidente da Unimed-BH, Samuel Flan. Programe-se! […]

COMO UMA SEGUNDA ONDA DA COVID-19 AFETARIA OS INVESTIMENTOS?

Uma nova onda de infecções e mortes por Covid-19 no mundo, incluindo o Brasil, causaria aos investimentos um efeito […]