COTAS DO BBB 22 DEVEM RENDER R$ 700 MILHÕES À GLOBO.

imagem-1-COTAS-DO-BBB-22-DEVEM-RENDER-R$-700-MILHÕES-À-GLOBO
(Crédito: Divulgação/Globo)

Uma semana depois de ter realizado o upfront de sua programação 2022 – no qual apresentou as oportunidades comerciais de seu conteúdo ao mercado publicitário – a Globo começou a apresentar às agências de publicidade e aos anunciantes o plano comercial da edição do próximo ano do Big Brother Brasil, o principal reality-show de sua grade de programação.

Para a nova temporada do programa, que estreia no dia 17 de janeiro, a Globo criou 12 cotas de patrocínio, divididas em três diferentes categorias. As 4 cotas Big correspondem a maior visibilidade dos patrocinadores no reality e contempla entregas na TV aberta (Globo), TV paga (Multishow), digital e redes sociais. Cada uma dessas cotas está sendo comercializada, segundo a tabela enviada às agências de publicidade e aos anunciantes, pelo valor de R$ 91,939 milhões. A segunda categoria de cotas, denominada Camarote, também contempla as inserções nas mesmas janelas das cotas Big, porém com um número um pouco menor de inserções. Por cada uma das cotas Camarote, a Globo pede o valor (de tabela) de R$ 69,646 milhões.

Há, ainda, quatro opções das cotas Brother, que contemplam a exibição dos patrocinadores na TV aberta, Multishow e mídia digital, com um número reduzido de inserções. Por cada uma dessas cotas, a Globo pede o valor de R$ 11,843 milhões.

Na soma dos valores descritos na tabela, apenas com a comercialização das 12 cotas de patrocínio, a Globo deve faturar cerca de R$ 700 milhões. É importante considerar, no entanto, que esse valor tende a crescer conforme o programa estiver no ar, com a entrada de outras marcas patrocinando as provas, festas e outras dinâmicas do reality.

No plano apresentado ao mercado publicitário, a Globo explica que o BBB 22 terá um total de 95 episódios, além de um programa extra, chamado de “O Reencontro”, que será exibido dois dias após a final, reunindo todos os participantes. A nova temporada também marca a estreia de Tadeu Schmidt na apresentação do reality, substituindo Tiago Leifert, que deixa a emissora no fim deste ano.

Além das cotas de patrocínio, a Globo oferece outras modalidades de inserção de marcas no programa. Com o nome de Cotas Dinâmicas, a emissora oferece aos anunciantes a possibilidade de vincularem suas marcas ao Mercado, Pagamento da Prova do Líder, Almoço do Líder, Almoço do Anjo e Cinema. Outras possibilidades de inserção de parcerias comerciais são o licenciamento de marca em outras plataformas, o uso das imagens dos participantes em ações de conteúdo nas redes sociais e a possibilidade de usar influenciadores para expandir as conversas em torno do reality.

A edição de 2021 do BBB teve como patrocinadores principais as marcas Americanas, Amstel, Avon, C&A, McDonald’s, P&G, PicPay e Seara, além da inserção de várias outras marcas que participaram de festas, provas e ações com os participantes ao longo dos 100 dias de programa.

Fonte: Meio e Mensagem



Artigos Relacionados

5 DISRUPÇÕES DIGITAIS QUE VOCÊ PODE NÃO VER CHEGANDO.

Não há como exagerar que o isolamento social em 2020, aumentou ainda mais a relevância do papel da tecnologia. As tecnologias são o meio para ajudar as pessoas e empresas se tornarem mais seguras, saudáveis, sustentáveis e com melhores práticas alinhadas às mudanças […]

Fenapro: “Acreditamos que a recuperação das agências será continuada”.

Presidente da entidade, Daniel Queiroz afirma que as marcas entenderam que não dá para esperar mais, esperar o que vai acontecer. Qual o balanço que a Fenapro faz do mercado publicitário em 2021? Foi um ano de retomada. A última VanPro que fizemos […]

O FUTURO DA CORRIDA APÓS A PANDEMIA

Sócio diretor da ML Mix Run, uma das principais assessorias esportivas do Rio de Janeiro, o treinador Paulo Henrique de Carvalho Santos, conhecido como […]