EM ALTA, MERCADO PET ABRE OPORTUNIDADES PARA EMPREENDER.

imagem-1-EM-ALTA,-MERCADO-PET-ABRE-OPORTUNIDADES-PARA-EMPREENDER

No início de agosto, a rede brasileira de pet shops Petz, que vem ampliando sua presença digital por meio de seu marketplace de produtos para animais de estimação, anunciou a aquisição da Zee.Dog por R$ 715 milhões. À primeira vista, o valor da transação impressiona. Mas um olhar atento ao tamanho do mercado pet no Brasil e no mundo explica o negócio. 

A Zee.Dog se posiciona como um e-commerce de produtos voltados ao bem-estar animal e estima crescer 80% em 2021, após os bons resultados do ano passado, e faturar R$ 230 milhões. A Petz, por sua vez, faturou R$ 1,9 bilhão em 2020, ano em que abriu capital na bolsa de valores. 

De forma geral, o mercado pet movimentou R$ 40 bilhões no Brasil em 2020, segundo dados reunidos pela revista Você S/A. Trata-se de um crescimento de 13,5% em relação ao ano anterior, num movimento contrário ao que aconteceu com a maioria das indústrias durante a pandemia. 

São 140 milhões de animais de estimação no país, número que é superado apenas por Brasil e China. O setor emprega 2,4 milhões de pessoas. Metade dos gastos no segmento são com alimentação; em seguida, aparecem os criadores (12,1%), medicamentos (11,8%), serviços gerais (10,4%), veterinários (10,3%) e pet care (5,6%), que são as “creches” e “hotéis” para os bichos. 

Apesar de grandes redes como Petz e Cobasi estarem abocanhando grandes fatias de mercado, há cerca de 40 mil pet shops físicos no Brasil, sendo 80% PMEs. Com o amplo crescimento do mercado, há espaço para todas lucrarem, especialmente se adotadas estratégias de digitalização. No entanto, este não é o único negócio que pode render frutos neste setor. 


Oportunidades para empreender no mercado pet

Como a alimentação concentra metade de todos os gastos do setor, claro que há aí grandes oportunidades de faturar. Isto não significa, necessariamente, concorrer com as marcas tradicionais de ração. Há, hoje, uma tendência de alimentação mais variada para os animais de estimação, inclusive com maior responsabilidade sobre o meio-ambiente.

É o caso da alimentação sustentável, nicho que vem crescendo entre os donos de pets. Vale ressaltar que, em alguns casos, a opção pelo veganismo do dono é replicada para o animal. “Quem segue esse tipo de dieta, segue por uma filosofia de vida. Então quer dar ao seu pet a mesma opção de alimento”, avalia Claudio Maia, gestor comercial e de marketing da BF Foods, em entrevista ao portal Terra. 

Mas esse não é o único caminho para entrar no setor de alimentação para animais domésticos. Hoje, já existem negócios lucrativos de chefs que preparam refeições especiais para os pets, bem como suplementos e petiscos diferenciados. 

Serviços também trazem boas oportunidades para empreender. Não à toa, a rede de pet shops Petland decidiu lançar uma rede de franquias de banho e tosa, entre outros serviços. Isto porque, além da adoção de animais estar aumentando, o cuidado com eles também vem crescendo. 

Se os hotéis e creches para cachorros e outros bichos tiveram sucesso durante a pandemia, dá para imaginar que o setor crescerá de forma ainda mais acelerada com a retomada das atividades, para que os pets não fiquem sozinhos. Surge, então, mais uma ideia de negócio que pode gerar lucro. 

Por último, é importante destacar que a criatividade e a capacidade de inovar são essenciais para encontrar uma forma de faturar alto com o mercado pet. Neste sentido, podem ser citados dois exemplos como inspiração: a do casal que faturou R$ 7,5 milhões com um “banheiro inteligente” para cachorros, e a empreendedora que vende um enxoval personalizado para donos que acabaram de adotar.

Fonte: Consumidor Moderno



Artigos Relacionados

ARGH! HORA DE PLANEJAR 2021

Ufa! Estamos entrando no último bimestre do ano. E que ano! Um ano que todo mundo está pedindo pra acabar logo. Para a maioria, um ano pra se esquecer. Mas ele nem acabou e já traz um outro desafio: planejar o próximo […]

O BOTICÁRIO FAZ HOMENAGEM ÀS MÃES QUE ESTÃO NA LINHA DE FRENTE DO COMBATE À COVID-19.

Como parte de suas iniciativas para celebrar o Dia das Mães deste ano, no início do mês O Boticário convidou toda a sociedade a participar de uma corrente de amor às mães que lutam diariamente na linha de frente […]

PRAZOS, DEMANDAS E REUNIÕES: O QUE PRESSIONA A ROTINA DAS AGÊNCIAS?

No mercado publicitário, a lógica de “missão dada é missão cumprida” sempre foi, de certa forma, exaltada pelas empresas e profissionais do setor como um trunfo. Atender às demandas dos clientes da melhor forma, nem que isso exigisse virar as noites para […]